Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

terça-feira, 4 de julho de 2017

Marcelo Odebrecht: a corrupção em Cuba beira zero

Foto I: Dilma e Raúl Castro na inauguração do Porto de Mariel em Cuba -
 Roberto Stuckert Filho/PR
Foto II: Outdoor em Mariel: "Até a vitória sempre" -
Derek R. Kolb 
Foto III: Odebrecht - Cicero Rodrigues/World Economic Forum
Do Solidários

Marcelo Odebrecht afirmou em sua delação que não houve nenhum pedido de vantagem por parte de autoridades cubanas na construção do Porto de Mariel. No depoimento, Marcelo chega a dizer que a corrupção em Cuba "beira zero", o que seria comprovado por ministros terem carros simples e morarem na mesma casa.

As informações são do colunista Lauro Jardim do jornal "O Globo".

1° Conferência Livre: Saúde da Mulher Estapa Espírito Santo

Sábado dia 08 de julho :

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, texto

Att Mulheres CIS, Mulheres Trans e Travesti: Participar é um meio de lutar para mudar. 
Participe
1° Conferência Livre: Saúde da Mulherwww.facebook.com
Vivo: https://www.facebook.com/events/838401696335381/?ti=cl
INSCRIÇÔES: https://docs.google.com/…/1FAIpQLSdspEljKXg8L9skkq…/viewform

GEDDEL PRESO: quanto tempo vai durar esta prisão?

Preso, Geddel chegou a Brasília de madrugada via

segunda-feira, 3 de julho de 2017

LANÇAMENTO DA CAMPANHA INTERNACIONAL PELA LIBERDADE DE MILAGRO SALA




Esta segunda- feira estamos lançando uma campanha internacional pela liberdade de Milagro Sala. Vamos estrear uma nova página que será ativada segunda-feira às 11 da manhã  - hora da Argentina (e de Brasília) e que entre seus eixos centrais tem uma petição ao presidente Mauricio Macri para que cumpra a Resolução das Nações Unidas que ordena ao estado argentino que a liberte imediatamente.

Já assinaram a petição : Dilma Rousseff (ex Presidenta de Brasil); Baltasar Garzon (juiz español); Julian Assange (fundador de WikiLeaks); Estela Carlotto (Avós de Praça de Maio), Taty Almeida (Mães da Praça de Maio Linea Fundadora), Lita Boitano (Familiares de Presos e desaparecidos por Razões Políticas); Hugo Yasky (secretario geral da CTA), Parlamentares Europeus, do Parlasur e centenas de jornalistas, atores, acadêmicos, dirigentes políyicos, movimentos sociais .
Neste passo, na segunda-feira 3/7 a partir das 11 horas,dia em que também se inicia seu Período de Sessões Extraordinárias a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) que deve decidir sobre uma medida cautelar pela detenção arbitrária da dirigente social, faremos uma campanha internacional nas redes sociais. 
Lhes pedimos que juntem-se a nós nesta segunda-feira 3/7 a partir das 11 horas com o hashtag: #LiberenAMilagro e #FreeMilagroNow e divulguem a página da campanha liberenamilagro.org (será ativada segunda às 11h) 
Passamos alguns modelos de tuiter e posts de facebook:

Twitter: 

Basta de presos políticos na Argentina. Assine a petição  para pedir que #LiberenAMilagro 


http://www.liberenamilagro.org / Fim da violação de direitos humanos na Argentina.


Basta de presos  políticos #LiberenAMilagro http://www.liberenamilagro.org 

 Presidente @MauricioMacri, basta de presos políticos na Argentina 

#LiberenAMilagro http://www.liberenamilagro.org 

 Hoje é Milagro. Amanhã pode ser você.  

Com presos políticos não há  democracia. Assine a petição para que #LiberenAMilagro 

Assine para exigir que #LiberenAMilagro e a todos os presos políticos na Argentina: 
 Milagro Sala, mulher, negra, indígena. Presa por lutar
 #LiberenAMilagro http://www.liberenamilagro.org 

Exigimos da @CorteSupremaAR o fim da violação de DDHH na Argentina #LiberenAMilagro


Milagro Sala está presa  ilegalmente há  mais de 500 dias.

Facebook: 

A dirigente social e deputada do Parlasur Milagro Sala é um dos 12 presos políticos da organização Tupac Amaro na Argentina. Está encarcerada arbitrariamente desde 16 de janeiro de 2016 por causa de seu compromisso social e politico. O governo do presidente Mauricio Macri descumpre as determinações internacionais e se nega a acatar a resolução da ONU que exige sua "imediata libertação". Hoje é ela. Amanhã pode ser você. Assine a petição para exigir a liberdade de Milagro Sala e dos demais presos políticos da Argentina. Milagro Sala é mulher, negra e indígena.. Está presa por lutar e por empoderar sua comunidade. Em Tupac Amaru, mais de 70% dos dirigentes são mulheres, trabalham junto com seus companheiros e lutam para pôr fim à violência de gênero e  à desigualdade estrutural da sociedade de Jujuy.
Por Carmen Diniz - Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba
Secretaria Internacional de Assuntos Ligados a Cuba MST